Produto com preço diferente na gôndola e no caixa do supermercado sairá de graça.

A partir de 15 de janeiro, entrou em vigor a campanha de Olho no Preço. O objetivo é garantir ao consumidor o direito de levar, de graça, o produto que tiver diferença entre o preço registrado no caixa e o anunciado na gôndola, vitrines, cartazes, encartes e em propagandas veiculadas dentro do supermercado. A iniciativa faz parte de um termo de compromisso entre a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Núcleo de Defesa do Consumidor, e os órgãos do Sistema Estadual de Defesa do Consumidor, as associações de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj) e Brasileira de Supermercados (Abras).
Atualmente, 317 lojas de várias redes em todo o Estado Rio firmaram o acordo. Os supermercados que integram a campanha, estarão identificados com cartazes.
O consumidor deverá identificar a diferença de preço antes de fazer o pagamento, e procurar o gerente responsável pelo estabelecimento e informá-lo sobre o problema, para ter direito a levar o produto sem pagar por ele. O consumidor terá direito a levar somente uma unidade do produto encontrado com diferença nos preço, caso queira comprar mais de uma unidade será cobrado o menor valor verificado e só a primeira unidade sairá de graça. A iniciativa não contempla produtos das seções de têxteis, eletroeletrônicos, áudio e vídeo ou equipamentos para veículos.
O consumidor passa a exercer um papel de protagonista na fiscalização de seus direitos, pois, com o incentivo de levar o produto de graça em caso de preços divergentes, certamente estará mais atento. Em caso de descumprimento, os supermercados receberão multa diária de R$ 1 mil, revertidos aos Fundos de Defesa do Consumidor.Gondola de supermercado

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

55 + = 61